INCLUSÃO

A PAS assume-se como uma associação que trabalha para a inclusão. 

O formato abrangente com que trabalhamos a inclusão faz com que os nossos projectos, serviços e valências de respostas sociais sejam desenvolvidos e dinamizados de forma a acolher todas as pessoas que chegam até nós, bem como, a trabalhar a inclusão do ser humano, nas diferentes áreas da vida.

Todas as nossas atividades são desenvolvidas para ir ao encontro do equilíbrio entre a pessoa e o meio ao seu redor.

 

Ainda dentro da inclusão, a PAS tem vindo a investir no sentido de dar a resposta social mais adequada às perturbações do espectro do autismo e às suas consequencias ao nível da criança e dos seus familiares.

Encontramos no Son-Rise Program a complementariedade do que já trabalhavamos com todas as crianças que chegam até nós, e por isso, abraçamos de coração este programa, para que crianças e familias, possam ter um maior suporte no seu trabalho diário de se conhecerem, conectarem-se e atingirem progressivamente objectivos relacionais em conjunto ​​

EDUCAÇÃO INCLUSIVA

Acreditamos que incluir nas salas de aula, as crianças cujo formato de aprendizagem é diferente do comum, é importante. Contudo, quando se trata das perturbações do espectro de autismo, esta inclusão pode não ser a ideal.

Estamos a falar de crianças hipersensíveis, em que tudo à sua volta pode ser motivo para que esta se recolha nas suas estereotipias, como forma de se auto regular.

O autismo não é uma desordem ao nível comportamental, é sim uma dificuldade relacional. Por isso, entendemos, que a melhor forma de chegar a estas crianças será através da compreensão amorosa dos seus comportamentos. Primeiro, é necessário entrar no seu mundo, para que ao compreendermos o que eles vêm e sentem, possamos resgatá-los para a vida comum, trazê-los para a família e posteriormente para a sociedade em que vivemos.

Contacte-nos para saber mais.

INCLUSÃO DA FAMÍLIA

As famílias das crianças e jovens enquadrados na Perturbação do Espectro do Autismo, passam por desajustes emocionais muito severos. Desde, o momento em que começam a perceber as alterações relacionais, comportamentais e/ou cognitivas  do seu filho, até ao veredicto final em que o diagnóstico da criança soa como uma sentença sem recurso, os pais são acometidos de grande tensão, dúvidas, e um sem número de processos emocionais que os mesmos, na grande maioria das vezes, não têm recursos para se auto regularem.

Como gerir tudo isto? 

 

É aqui que entendemos que a nossa ação é uma mais valia aos pais.

Sabemos que se a família destas crianças e jovens, tiver um suporte psico emocional, que permita a compreensão e gestão dos acontecimentos diários e  se tiver o apoio na preparação do lar, por forma a que a criança sinta-o como um lugar seguro e sem os estímulos que o façam recolher nas suas estereotipias, com certeza, o quotidiano destas famílias será mais harmonioso.

Portanto, este é o nosso compromisso. Atender às necessidades daqueles cujo desgaste psico emocional está em desequilibro e fornecer o conforto securizante de quem deseja superar os objectivos da vida através de um amor que só os pais conseguem alcançar!

 

Marque connosco e conheça-nos!

© 2019 Associação PAS - Projecto Ana Sanona

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now