• Equipa PAS

A PRIMEIRA GRANDE PERDA DO SER HUMANO

Ainda que alguém nunca tivesse vivido uma situação de perda durante a sua vida, o momento do nosso nascimento é sentido como o primeiro trauma nesta existência, o instante onde se dá a nossa primeira grande perda – a perda da ligação à mãe, a perda de segurança, a perda do conforto, a perda de necessidades.


Como é que isto nos afecta hoje? As memórias que guardamos da experiência do nascimento encontram-se hoje tão presentes, psíquica e biologicamente – ainda que inconscientes- como no primeiro dia.


Achamos que não nos afecta, mas sempre que nos sentimos desprotegidos, sem uma ligação afectiva, estamos inconscientemente a voltar aos momentos em que aconteceram esses traumas.


Muitos de nós vive ainda uma vida ligado a essa perda primordial, mas sem se dar conta disso.


É importante resgatarmos essa consciência.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo